Fique Atento a Esses SINTOMAS Seu Corpo Pode estar Precisando de MAGNÉSIO

O Magnésio é um nutriente muito importante então Fique Atento a Esses SINTOMAS Seu Corpo Pode estar Precisando de MAGNÉSIO. Muitos não sabem, mas o magnésio é um mineral muito importante para o nosso organismo. Ele é o quarto mineral mais abundante no corpo e é fundamental para a saúde humana. Isso tudo se deve ao fato que ele está envolvido em mais de 300 processos metabólicos no nosso corpo. Entre eles, no transporte adequado de cálcio através das membranas celulares.

Ele é requerido por todas as células do corpo, até mesmo as do cérebro. É um dos minerais mais importantes (se não o mais importante) por conta do seu papel e funções essenciais como a síntese de proteínas, utilização de gorduras e caroidratos, produção de enzimas de desintoxicação específica e produção de energia relacionada à desintoxicação de células.

Fique Atento a Esses SINTOMAS Seu Corpo Pode estar Precisando de MAGNÉSIO

A deficiência do magnésio pode afetar praticamente todo o sistema do corpo humano. O magnésio é um mineral que luta contra certas doenças, como artrite, Alzheimer, problemas de pressão alta, diabetes, problemas respiratórios, entre outros.

Além disso, a ingestão de magnésio fornece mais rigidez e flexibilidade aos ossos, aumenta a biodisponibilidade de cálcio, regula e normaliza a pressão arterial, previne e ajuda no combate de pedras nos rins, e por aí vai.

Câimbras

76% dos adultos e 7% das crianças sofrem com isso regularmente. Infelizmente a câimbra é mais do que um incômodo. Ela pode vir acompanhada de muitas dores causadas pelas contrações musculares.

Pesquisadores da Trinity Medical Clinic, no Canadá, acreditam que a falta de magnésio pode ser uma das causas deste problema, uma vez que este mineral tem um papel importante nos sinais neuromusculares.

Insônia

A deficiência de magnésio costuma ser precursora de distúrbios do sono, ansiedade, hiperatividade e inquietação. A explicação é que o magnésio é vital para a função do GABA, um neurotransmissor inibitório conhecido por “acalmar” o cérebro e promover o relaxamento.

Estas foram as conclusões de um estudo da Faculdade de Nutrição e Tecnologia de Alimentos de Teerã, no Irã. A recomendação é que os insones tomem um suplemento com magnésio antes de dormir ou no jantar.

Dor Muscular

Um estudo publicado na “Magnesium Research” examinou o papel do magnésio nos sintomas da fibromialgia. Os pesquisadores descobriram que o aumento do consumo de magnésio reduziu a dor e a sensibilidade dos pacientes e também melhorava os marcadores sanguíneos imunológicos.

Muitas vezes ligada a doenças autoimunes, esta pesquisa deve encorajar pacientes com fibromialgia, pois destaca os efeitos sistêmicos que os suplementos de magnésio têm sobre o corpo.

Ansiedade

Como a deficiência de magnésio pode afetar o sistema nervoso central, (mais especificamente o ciclo GABA no corpo), seus efeitos colaterais podem incluir irritabilidade e nervosismo.

À medida que a deficiência piora, causa altos níveis de ansiedade e, em casos graves, depressão e alucinações. Isso porque o magnésio é necessário para todas as funções celulares e sistemas do organismo, do intestino ao cérebro, interferindo positivamente na absorção de nutrientes.

A boa notícia é que o magnésio pode ajudar a acalmar o corpo, os músculos e ajudar a melhorar o humor. É por isso que especialistas recomendam a ingestão de suplementos com este mineral na dieta.

E mais: estudos da Universidade de Innsbruck, na Áustria, comprovaram que os pacientes que tomaram suplementos com magnésio obtiveram ótimos resultados no controle da ansiedade.

Fadiga

Baixa energia, fraqueza e fadiga são sintomas comuns de deficiência de magnésio. A maioria dos pacientes com síndrome da fadiga crônica também é deficiente em magnésio.

A Universidade de Maryland Medical Center relata que a ingestão de 300 a 1000 miligramas de magnésio por dia pode ajudar, mas você também quer ser cuidadoso, pois o excesso pode causar diarreia. Se você sentir esse efeito colateral, reduza um pouco a dose até que este efeito colateral desapareça.

Enxaqueca

A deficiência de magnésio tem sido associada a enxaquecas devido a sua importância no equilíbrio de neurotransmissores no corpo. Estudos do “The New York Headache Center”, duplo-cegos e controlados por placebo, mostraram que entre 360 e 600 miligramas de magnésio por dia podem reduzir a frequência de enxaquecas em até 42%.